Notícias

Obras, informações e produtos ROHR



Balanço sucessivo, içamento de aduelas, escoramento e outras soluções ROHR para construção de ponte em Sergipe


Balanço sucessivo, içamento de aduelas, escoramento e outras soluções ROHR para construção de ponte em Sergipe

Com experiência em grandes obras de engenharia, a ROHR participou de mais um desafio da área de infraestrutura, desta vez na construção da ponte Jornalista Joel Silveira, erguida pelo consórcio Contern-Tardelli de 2006 a 2009 sobre o rio Vaza Barris, e que liga as cidades de Aracaju e Itaporanga d’Ajuda, no estado de Sergipe. Entre as dificuldades envolvidas nesse projeto estava a necessidade de vencer grandes vãos com até 80 metros de comprimento, sendo que o trabalho deveria ser realizado sobre a água e em um prazo curto.

A fim de responder todas as demandas apresentadas pelo cliente, a ROHR ofereceu soluções que fizeram toda a diferença na execução da obra. Para realizar a construção da ponte, uma estrutura com extensão total de 1.080 metros, foi preciso utilizar diversos equipamentos do nosso portfólio. Com isso entraram em cena os andaimes tubulares, em aço, junto ao sistema multidirecional de encaixe, Kibloc em aço; o escoramento direto com o sistema de torres ETEM; as fôrmas ROHR HF e trepantes; além do balanço sucessivo e das treliças para o içamento de aduelas pré-moldadas.

A versatilidade desses produtos garantiu mais velocidade aos trabalhos, uma vez que a solução inicial adotada para a execução dos vãos da estrutura considerava somente o sistema de balanço sucessivo, o que significava muito tempo para concluir cada fase do projeto, ameaçando o cumprimento dos prazos de entrega da obra pelo consórcio. Após uma análise feita pelo engenheiro calculista com outros integrantes da obra e a ROHR, foi possível viabilizar a execução dos vãos da ponte com os equipamentos de apoio para o içamento das aduelas pré-moldadas.

Fabricadas em um pátio no canteiro de obras, as aduelas era transportadas por meio de barcaças até o ponto de içamento. Inicialmente, a ROHR forneceu à obra as treliças do balanço sucessivo, composta pelos equipamentos treliça T30, tubos equipados, tirantes, vigas metálicas, fôrmas FA e fôrmas e perfis metálicos. Após a mudança feita no método executivo, foi possível reutilizar todo o material dos balanços sucessivos. Podemos afirmar que ao adotar o içamento das aduelas, nosso cliente mostrou-se muito satisfeito, uma vez que a obra ganhou grande velocidade e foi possível atender todos os prazos do cronograma previsto para a montagem da estrutura.

De engenheiro para engenheiro: Fale com a ROHR. É mais rapidez, segurança e inovação para a sua obra. Entre em contato e faça seu orçamento.

 

 




Copyright © 2021 Rohr Estruturas Tubulares - Todos os direitos reservados. Website by: plyn!